Campanha Setembro Amarelo é discutida na Câmara Municipal de Camocim

A Câmara Municipal de Camocim, recebeu na Sessão Ordinária da última sexta-feira (14), a convite do Presidente Kleber Veras, o Coordenador da Unidade de Pronto Atendimento de Camocim (UPA 24H), Emanoel Saraiva, para discursar sobre a importância do “Setembro Amarelo”, mês de prevenção ao suicídio e valorização da vida.
Na Tribuna Livre, Emanoel Saraiva, explicou que o “Setembro Amarelo” teve seu início em 2015 como uma estratégia do Ministério da Saúde associado ao Centro de Valorização da Vida (CVV), em alertar toda sociedade sobre a importância da conscientização sobre a prevenção ao suicídio, realizando durante todo o mês de setembro ações voltadas a fim de sensibilizar a população e profissionais de saúde para os sintomas deste problema de saúde mental. Durante seu pronunciamento, apresentou dados de 2012 da Organização Mundial de Saúde (OMS) e que mostrou que há uma estimativa de 800 mil mortes ocasionadas por suicídio, por ano no mundo. Em 2017 o Ministério da saúde divulgou o primeiro Boletim Epidemiológico de Tentativas e Óbitos por Suicídio no Brasil, o diagnóstico registrou entre 2011 e 2016, o número alarmante de 62.804 mortes por suicídio, a maioria (62%) por enforcamento. Outro dado importante apresentado é que em 9 de 10 casos, são possíveis de prevenção e ações imediatas coletiva, e do sistema de saúde.
Ele ainda destacou que a todos os equipamentos locais de saúde juntamente com as secretarias de educação e desenvolvimento social e cidadania, estão em parceria para fomentar as discussões sobre a temática com toda comunidade em geral, buscando elucidar e prevenir possíveis casos de suicídio.
Ao fim das explanações, vereadores se pronunciaram para falar sobre a importância da campanha e parabenizar aos profissionais envolvidos pelo trabalho realizado.




17 de setembro de 2018
Notícias

Câmara Municipal de Camocim

Compartilhar